(Crédito da imagem: DC / Warner Bros.)

Gal Gadot falou sobre sua experiência no set com o diretor Joss Whedon no set da Liga da Justiça de 2017.

A atriz, que repete seu papel como Diana em Mulher Maravilha de 1984, contou ao L.A. Times – nas costas da muito divulgada luta da co-estrela Ray Fisher com o diretor – sobre seus próprios problemas com Whedon.

“Estou feliz por Ray [Fisher] sair e falar sua verdade”, disse Gadot. “Eu não estava lá com os caras quando eles filmaram com Joss Whedon – tive minha própria experiência com [ele], que não foi a melhor, mas cuidei disso lá e quando aconteceu.”

Gadot continuou: “Eu levei para os superiores e eles cuidaram disso. Mas estou feliz por Ray subir e dizer sua verdade. ”

A Liga da Justiça de 2017 deve ser suplantada, pelo menos aos olhos de alguns fãs, pelo próximo lançamento da Liga da Justiça de Zack Snyder. O projeto, que deve chegar à HBO Max em março de acordo com o diretor, será unicamente a visão de Snyder, usando imagens da época antes de ele sair da produção e Whedon ser trazido para terminar a filmagem, bem como pequenas refilmagens.

“Eu destruiria o filme”, disse ele durante o painel da Justice-Con organizado por fãs em meados de 2020 sobre se algum trabalho de Whedon iria entrar no ‘Snyder Cut’. “Eu colocaria fogo antes de usar um único quadro que eu não fotografei. “

Descubra o que mais está sendo lançado ao lado do Snyder Cut em 2021 com nossa lista de novos filmes de super-heróis.

Leia também  Zack Snyder revela o primeiro olhar sobre Martian Manhunter na Liga da Justiça